ex_jennifer_aniston_self

Yoga de Jennifer Aniston

Dona de uma das formas físicas mais comentadas de Hollywood, a atriz Jennifer Aniston atribui ao yoga este corpo bem definido. Três vezes por semana Jennifer pratica com seu personal yoga teacher e garante que, muito além da boa forma física, o yoga lhe trouxe força, flexibilidade, concentração, equilíbrio e muito mais calma no dia a dia. Assim é não só com Jennifer Aniston, se você ainda não pratica yoga, comece a pensar no assunto…

Vamos começar?

Nesta foto, Jennifer está em Baddhakonásana, a postura da borboleta, que melhora a flexibilidade e a circulação na região pélvica, tonifica a coluna e os órgãos das regiões abdominal e pélvica, previne hernia, alivia dores de ciático e varizes, além de reduzir cólicas menstruais, períodos irregulares e leucorréia.
fonte: B.K.S.Iyengar Yoga.

Aqui abaixo um videozinho que demonstra Supta Baddhakonasana, a postura da borboleta deitada.
Na minha opinião, uma das posturas mais restaurativas da pratica de Hatha Yoga.

Aproximando as solas dos pés e levando os joelhos para a lateral. Se necessário, apóie os joelhos sobre blocos ou almofadas. Observe sua respiração, mantendo entrada e saída de ar pelas narinas. E relaxe!

  • A postura do guerreiro I Que tal começar a semana com uma postura que fortalece o corpo e a mente e desenvolve a coragem? Tudo de bom! Assim é o Virabhadrásana I, ou postura do guerreiro I, um tônico […]
  • Yoga pré natal ajudou o nascimento do bebe real Os ingleses comemoraram ontem a chegada do primeiro filho do príncipe William e Kate Middleton. O menino, ainda sem nome divulgado oficialmente, nasceu nesta segunda-feira (22), no […]
  • Rolfing e yoga são amigos antigos Rolfing para quem não conhece, é uma técnica de terapia manual criada com o objetivo de proporcionar a reintegração estrutural do corpo. Através dessa terapêutica, a técnica é capaz de […]
  • Standup Paddleboard Yoga Que tal trocar por algumas horas o seu tapetinho de yoga por uma prancha sobre a água, totalmente em contato com a natureza? Nada mal, não? Na minha última passagem pela […]