A “Cidade Luz” acolheu pessoas de todo o mundo e de todas as religiões. Por toda Paris é comum ver mulheres andando cobertas com seus véus, desfilando a tradição do mundo árabe.
Assim como Les Marrais ficou conhecido como o bairro judeu, o 5o arrondissement abriga hoje grande parte da comunidade árabe e sua principal mesquita.

Ali, às margens do Rio Sena na Quai Saint Bernard, foi construído o Instituto do Mundo Árabe. O centro cultural que completa 25 anos agora, tem biblioteca, centro de estudos, cursos, shows, promove encontros e debates sobre a tradição árabe. Só a arquitetura do edifício já vale a visita, que foi projetado pelo arquiteto Jean Nouvel e concluído em 1987.

Você encontrará dois restaurantes: Um no térreo, para um café ou refeição mais rápida, e um na cobertura, para curtir com calma a vista esplêndida do Sena, Notre Dame e arredores. O pratos vegetarianos estão no cardápio também.

Pela Rue Linne, bem atrás do Instituto, voce pode seguir a pé até a Mesquita de Paris. Lá tem um café lindíssimo, onde servem um chá tradicional e diferentes tipos de doces árabes, alguns bem familiares para nós no Brasil.

Bem em frente ao Café da Mesquita, você verá um portão que dá acesso ao Jardin Des Plants onde está o Museu de História Natural, o Zoológico, a Grande Galerie e algumas outras atividades.
Mas mesmo que você não esteja disposto à elas, o passeio pelo parque é um dos mais belos de Paris.
Na primavera, verão e início de outono você verá as flores reluzindo cores, aromas e muita graça.

Lindo e acolhedor para boas horas de descanso, contemplação e relaxamento. Inesquecível!!!

Metrô para chegar no Instituto do Mundo Árabe: Jussieu
Metrô para sair do Jardins des Plantes: Gare d’Austerlitz.

Bon Voyage!

  • Paris – Depois do Louvre… Olá queridos, Depois de um período de férias, estou de volta para mais dicas de bem estar, alimentação saudável e práticas ligadas à expansão da consciência. Se você ainda acha que […]
  • Paris – O Marroquino vegetariano e a vista de tirar o fôlego Andar por Paris pode ser uma aventura cheia de pérolas do mundo árabe. Vocês se lembram do post do 'Paris - Perfume de flores e delícias do mundo árabe'?. Mas saindo do bairro […]
  • Paris – Do Beaubourg à Bastilha Paris tem muitos caminhos charmosos e os deleites sensoriais estão por toda parte. Mas este post tem valor especial, pois o trajeto a seguir cruza o bairro mais lindo da cidade na […]
  • Vale do Matutu – parte I – Oca Soma Olá queridos, Hoje vamos falar da rota alternativa que adotei para este feriado de Carnaval, onde a grande maioria de brasileiros prefere a praia e/ou as agitações que acontecem em […]