DSCN0802-b

Dublin é uma cidade alegre, divertida e cheia de jovens. Não sei se os jovens é que fazem a diversão da cidade ou vice e versa. O fato é que atrações noturnas, “baladinhas de forró” e muitos pubs não faltam por lá. A cultura local já está bem misturada com a cultura dos brasileiros, que estão em massa por lá. Você pode conhecer a pé a cidade do U2 em um fim de semana, mas sugiro que escolha uma época de clima mais ameno, de maio a setembro.

Passeando com meu primo Paulinho, que mora lá, começamos o tour pela igreja matriz da cidade, a Catedral de St. Patrick. São Patrício, ou Saint Patrick em inglês, é o padroeiro da Irlanda e seu dia é comemorado em 17 de março. Os jardins repletos de flores e todo o paisagismo impecável da cidade são mesmo uma oferenda ao santos e às nossas almas.;-)

IMG_4395-b_dupla-aIMG_4404

Cada praça e cada parque estão sempre cheios de moradores ou turistas deitados pela grama se o clima for de sol. Curtir os jardins sem pressa, como costumamos dizer aqui no blog, é um bálsamo para o seu bem estar em qualquer lugar do mundo.
Outro cantinho para você fazer isso é o Jardim do Castelo de Dublin. Cercado por muros, você até poderia dizer que é um jardim privado se passasse desatento pela porta. Mas o espaço é acolhedor, convidando ao descanso, ao encontro com os amigos ou à leitura.

IMG_4431-b_duplaIMG_4437

Mas a rua mais famosa da cidade é a Temple Bar, reduto de pubs, restaurantes e outras atrações noturnas, como o teatro e o Hard Rock Café. Sim, a Temple Bar é tipicamente uma rua de pubs e “O”Temple Bar (pub mais famoso de todos) é a estrela da rua. E você deve estar se perguntado: o que a rua das cervejas tem a ver com este blog?

Aos sábados, durante o dia, a Temple Bar recebe uma feira de alimentos orgânicos e você pode encontrar diversos produtos para se deliciar e agradar o planeta com uma atitude sustentável.

small-e05c5a5cf8-reduzirfotos-com_todas

É comum encontrar também nos finais de semana uma feira de livros e outros objetos de segunda mão, como óculos, discos e souvenirs.
Para fechar este post com uma dica sensacional, ficamos com o Restaurante Bruno’s, também na Temple Bar, onde comi um dos melhores penne da vida, com berinjela, manjericão, pinholes e molho de tomate cereja com ricota!!! Procure no cardápio pela BRUNO’S VEG PASTA.

IMG_4450
IMG_4447-b

Yummy!!!! Espero que tenham gostado!
Ainda teremos aqui no blog outras dicas veggie e zen super bacanas deste cidade linda e acolhedora! Não percam!

  • Berlim e Munich – Yogini na Alemanha Um praticante de yoga é adepto e disciplinado em qualquer lugar. Ok, nem sempre tão disciplinado assim... rs. Mas adepto sempre! E se você for para Alemanha, não vai deixar de praticar […]
  • Paris – Depois do Louvre… Olá queridos, Depois de um período de férias, estou de volta para mais dicas de bem estar, alimentação saudável e práticas ligadas à expansão da consciência. Se você ainda acha que […]
  • Paris – Do Beaubourg à Bastilha Paris tem muitos caminhos charmosos e os deleites sensoriais estão por toda parte. Mas este post tem valor especial, pois o trajeto a seguir cruza o bairro mais lindo da cidade na […]
  • Lucca – Um parque sobre a muralha e o charme da Toscana Que a Itália é puro charme todo mundo sabe. Mesmo quem não esteve lá viu em novelas, filmes e revistas que cada canto da "bota peninsular" tem um ar diferente, peculiar, todos […]