globulos vermelhos

Anemia é uma questão que todos acham que sabem e sabem tratar também, porém existem questões que não são faladas e que valem o conhecimento!

Glóbulos Vermelhos : levam oxigênio para os tecidos do corpo.

Se você anda sentindo fraqueza, desânimo, mal estar, palpitação, palidez, dores nas pernas e nos pés, queda de cabelo, unhas quebradiças ou falta de memória, não se desespere! Mas desconfie: Pode ser Anemia!
Segundo estatísticas da OMS (Organização Mundial de Saúde), a Anemia, doença conhecida por apresentar a deficiência de ferro no organismo, atinge cerca de 33% da população mundial e 40% das crianças e gestantes nos países em desenvolvimento.

A doença ocorre quando há diminuição dos glóbulos vermelhos no sangue, comprometendo a oxigenação dos órgãos e tecidos, e consequentemente baixando o nível da energia do corpo, que, nesta etapa, está trabalhando no limite. Por isso, vão se evidenciando os sintomas descritos no início, além de irritabilidade, sonolência ou insônia.
No entanto, tão ou mais importante do que suplementar o ferro, é descobrir o que está causando o problema, que pode estar relacionado ao mau balanceamento da alimentação, a intensos fluxos menstruais ou a lesões no aparelho digestório, como úlceras.

Uma grande polêmica foi criada em torno da dieta vegetariana, pois aparentemente a carne é a maior fonte de ferro para o organismo. Mas existe aí um engano! 40% do ferro da carne fazem parte do grupo chamado HEME, que têm mais fácil assimilação no corpo, e os outro 60% são NÃO HEME, semelhantes ao ferro dos vegetais. Se o indivíduo não compõe uma dieta balanceada em seu dia a dia mesmo ingerindo carne, pode não fazer a assimilação correta do ferro e inibir a ação do mineral pelo consumo excessivo de outros alimentos como os laticínios, por exemplo.
Porém, se um vegetariano ou onívoro ( que se alimenta de carne também) têm em seu consumo diário porções adequadas de verduras, grãos (feijões), sementes e cereias, açucar mascavo e oleaginosas (castanhas), que são importantes fontes de ferro, associado ao consumo correto de vitamina C na mesma refeição, ambos estarão mais protegidos contra a Anemia e seus desagradáveis sintomas.

Em alguns casos, como na maioria das gestantes, a suplementação do ferro é fundamental, mas deve ser prescrita pelo médico responsável.

YOGA: Não impõe o vegetarianismo de forma alguma. Mas aproxima os praticantes da ética sobre o consumo deste produto.

AYURVEDA: não restringe, de maneira geral, o consumo de carne!!! A medicina indiana avalia caso a caso a necessidade ou viabilidade para que a carne seja de fato fonte de saúde para o indivíduo.

DICA: Para dar uma forcinha à absorção do ferro pelo organismo, evite comer laticínios na mesma refeição das principais fontes de ferro (feijão, saladas escuras, condimentos como a salsa e cereais como o trigo). O cálcio, contido em altas doses nos laticínios, atrapalha a absorção do mineral.

SEMPRE: Procure um médico para um hemograma periódico e outros exames preventivos e um nutricionista para ajudá-lo na composição da dieta ideal para o seu dia a dia.