Runner stretching on rocky trail

Todos os atletas – independentemente do esporte ou disciplina – têm o potencial de aumentar a sua capacidade através da adoção da prática de yoga. Eu iria mais longe ao dizer que, se você não está praticando yoga, você está competindo em desvantagem e perdendo uma oportunidade para melhorar seu desempenho. Aqui estão alguns benefícios:

1. Melhora da força: A rotina e prática constante das vários ásanas (posturas do yoga) me ajudaram a desenvolver força e melhorar massa magra. Mais notadamente no que diz respeito a vários grupos musculares subutilizados nas minhas atividades: natação, ciclismo e corrida. Estes ganhos me fizeram adquirir maior estabilidade corporal e preveniu lesões de forma significativa, reforçando a base e também desenvolvendo músculos que rodeiam os músculos mais utilizados no esporte, criando uma força global mais equilibrada e também otimizada funcionalmente.

2. Equilíbrio: Como um nadador, sempre fui bastante flexível mas meu equilíbrio sempre foi horrível. Através do yoga a minha coordenação e equilíbrio melhoraram imensamente. Por que isso é importante? Melhor equilíbrio e coordenação significam maior controle sobre a forma como eu me movo meu corpo, que por sua vez leva a uma melhor técnica e forma – a melhor braçada da natação, o balanço do golfe, a passada da corrida ou o golpe das lutas.

3. Flexibilidade: Yoga, invariavelmente, melhora a mobilidade articular e a amplitude de movimento das estruturas, o que é fundamental para a solidez estrutural geral do corpo. Reforçada, a maleabilidade da articulação e do músculo pode se traduzir em um aumento do desempenho de um movimento em particular ou de uma série de movimentos. Por exemplo, um nadador com melhores amplitudes de ombro e quadril é capaz de puxar e empurrar mais água do que um nadador com uma gama mais limitada de movimentos. O resultado é uma movimentação maior por ciclo, bem como economia muscular. Embora haja alguma controvérsia sobre a o “excesso” de flexibilidade (para os corredores, em particular), eu continuo um grande defensor, pensando que quanto mais eu trabalho para manter minha flexibilidade (algo que diminui com a idade), menos provável fico de sofrer uma lesão por esforço.

4 . Controle Mental: Os benefícios físicos do yoga para o atleta são enormes. A maioria das pessoas, especialmente atletas, tendem a pensar em yoga como um grande “treino” – um meio para fortalecer o core, achatar a barriga e tonificar os glúteos. Claro, ele faz isso. Mas assim que a parte rigorosa da classe chega ao fim e é hora do shavasana (postura do cadáver, também conhecida como a parte meditativa da sessão onde o aluno se deita em suas costas por um período de meditação silenciosa, onde eu vejo as pessoas fugindo, achando que a parte dificil está feita.

Não apenas estão erradas, mas também estão perdendo o o principal do yoga. Porque shavasana é onde a mágica acontece! Privar-se dessa experiência faz você perder o melhor benéfico da prática. De um ponto de vista tradicionalista, a série de asanas (posturas) fisicamente desafiadoras foram originalmente concebidas para uma finalidade específica que não tem nada a ver com a força ou flexibilidade. Em vez disso, eles foram concebidos e organizados unicamente como um meio de preparar a mente e o corpo para colher o máximo benefício a partir da meditação, para melhorar a sua capacidade de dominar e controlar os impulsos da mente – para limpar a casa mental, centro de foco e promover a serenidade por silenciar a oscilação mental interminável e aparentemente incontrolável que invade nossa experiência diária e prejudica a expressão da nosso “eu” interior.

Em outras palavras, shavasana é a parte mais importante da prática para o atleta (e todos). Por quê? Porque a mente é um misterioso campo, sempre nos impulsionando com sinais negativos e à base do medo que nos mantêm presos e muitas vezes paralisados bloqueando nosso potencial latente e inexplorado de vir para fora.

Young male athlete on running track

O que isso tem a ver com o desempenho atlético? Tudo. Quando você olha para os mais altos níveis do esporte, todos os atletas são incrivelmente talentosos e igualmente forte todos eles treinam. Então, o que distingue o campeão olímpico do coadjuvante? A mente.

O atleta que ganha normalmente sabe que ele ou ela vai ganhar. Desenfreado pelo medo, livre de padrões de pensamentos negativos, e focado com um laser, capaz de alavancar seu poder incrível de se concentrar inteiramente na tarefa e permanecer completamente enraizado no momento presente, sem a invasão de padrões de pensamento inúteis.

Muito parecido com um músculo, a mente pode ser treinada e a prática consistente dos ásanas seguida do shavasana é a melhor maneira que eu encontrei para melhorar não só o meu sono, mas também o stress, acalmar as vibracões mentais negativas e gerenciar o medo. Tudo isso faz a diferença em me ajudar a alcançar alguns objetivos de forma fantástica que pareciam não só muito além das minhas capacidades, mas quase impossível de qualquer perspectiva objetiva ou lógica.

5. Conheci minha esposa no Yoga: O maior benefício que tenho colhido de yoga? Há 14 anos eu conheci a minha esposa em uma aula de yoga e estamos juntos desde então. Ela não só é uma professora de yoga fantástica como tem sido fundamental para fazer de mim um homem melhor e um atleta melhor. Então lá vai: Não subestime a extensão em que o yoga pode mudar a sua vida – você nunca sabe .

À procura de uma vantagem atlética? É isso. Faça, antes que seu rival faça.

Athlete kissing medal outdoors

Traduzido de: www.mindbodygreen.com, depoimento de um triatleta.