USA - Health - Fitness

Através dos séculos, o yoga tem provado ser um importante exercício para a mente e o corpo. Também está se tornando uma forma promissora de terapia para crianças com autismo.

Duas vezes por semana, Matthew Lopez de Miami nos Estados Unidos se encontra com seu professor de yoga, Maraike Harten. Eles alongam músculos, praticam técnicas respiratórias e trabalham posturas.

“É uma forma divertida de aprender técnicas de relaxamento, consciência corporal e auto-controle, sem que seja outra terapia que eles têm que fazer”, disse Maraike.

O garoto foi diagnosticado com autismo quando tinha 4 anos de idade. “Ter uma criança com autismo não é fácil. Ele apresenta uma série de desafios”, disse Cristina Lopez, mãe de Mateus.

Cristina diz que o yoga ajuda Matthew relaxar, que costumava ser uma batalha para manter a calma do menino por mais de alguns minutos. “As técnicas de respiração e as posturas que ele aprende o acalmam e tornam a vida mais agradável para ele”, acrescentou.

Outras crianças também se beneficiam da yogaterapia. A autora e professora de yoga Louise Goldberg trabalhou com crianças autistas durante os últimos 10 anos em um Hospital Infantil de Miami.

“Yoga é muito diferente de outras terapias”, disse ela. “Há muitas oportunidades para jogar. Ele ajuda as crianças a ficarem mais fortes e flexíveis. Ele também melhora o equilíbrio e cria interação social com outros praticantes.”

USA - Health - Fitness

Louise publicou um livro chamado “Yoga terapia para crianças com autismo e necessidades especiais.” Em seu livro, ela explica por que o yoga é eficaz e apresenta técnicas para aulas.

Matthew, que descobriu o yoga através de um amigo, disse que os médicos lhe disseram que nunca seria capaz de falar. No entanto, Matthew aprendeu a formar palavras e se comunicar verbalmente com os outros.

“Você aprende a apreciar as pequenas coisas e você também aprender a apreciar o progresso, não a perfeição”, disse a professora.

Veja o post original com o vídeo (inglês) em: http://bit.ly/1cO1QdK
Site de Louise Golberg: www.yogaforspecialneeds.com

Nas imagens, a instrutora de yoga Miriam Behar ensina alunos autistas em uma escola nos Estados Unidos.

Hoje já é possível diagnosticar o autismo em crianças a partir de um ano. Saiba mais sobre este diagnóstico e outras informações sobre o autismo clicando aqui, e confira também o site da Associação Brasileira de Austismo.

Bruno Fernandes Bernardes