Woman in wheelchair taking her dog for a walk

Dalia Zwick é supervisora em um centro de reabilitação em Nova York nos Estados Unidos. Dentre seus trabalhos está a reabilitação de pacientes com Lesão Medular, uma patologia que interrompe os canais de comunicação do sistema nervoso que passa pela coluna, dificultando movimentos, sensações ou até mesmo a perda total de percepções do tronco e membros, dependendo da região vertebral que foi afetada, ocorrendo o que conhecemos como paraplegia ou tetraplegia. A maioria destas pessoas são forçadas a adotar um novo estilo de vida sedentário que muitas vezes contrasta totalmente com seu estilo anterior. O nível de atividade reduz drasticamente, o que contribui para novas deficiências e uma queda ainda maior nas atividades deste paciente.

Um programa de exercícios é muito importante para ajudar estas pessoas a permanecerem em suas rotinas diárias, mas é muito difícil realizar este trabalho já que poucos lugares possuem a adaptação e segurança necessária para este tipo de paciente, que requer uma atenção e o conhecimento específico para ajudá-los. Os tradicionais exercícios muitas vezes podem não ser possíveis de executar ou até mesmo insuficientes para estes pacientes, pela maioria trabalhar as partes do corpo de forma individual, enquanto estes pacientes precisam de atividades que integrem todo o conjunto das articulações, músculos, estruturas e o aparato respiratório.

Dalia decidiu utilizar o Yoga como atividade colaborativa no tratamento para seus pacientes, ele envolve posturas que movimentam o corpo todo como um conjunto, engloba exercícios respiratórios, relaxamento e meditação atividades essenciais para estes pacientes tão especiais e o método escolhido foi o de B.K.S. Iyengar pelo seu regime rigoroso de alinhamento, permanência e metodologia. Iyengar Yoga, como é conhecido por seus praticantes e professores, também é conhecido pela utilização de diversos materiais que possibilitam qualquer pessoa a realizar a maioria das posturas (ásanas) corretamente e com segurança. A equipe de reabilitação de Dália conta com uma professora bastante experiente que os ajuda na metodologia e possibilidades individuais de cada aluno.

rehab yoga 117_09_2013_17_02_43

Na própria maca do paciente é possível realizar várias posturas, ajustando calmamente, observando as limitações e ajustando as possibilidades. Em um artigo publicado em uma revista científica de cuidados paleativos, Dalia conta sobre um paciente que sofreu um ferimento a bala na coluna torácica há 10 anos atras e que tem resultados bastante satisfatórios em seus encurtamentos musculares severos e as dores e os espasmos musculares que é obrigado a vivenciar todos os dias, ganhou melhor de força nos membros superiores e aprendeu a relaxar seu corpo, trabalhando com exercícios respiratório enquanto permanece nas posturas.

Surpreendentemente, mesmo quando o paciente não pode se mover por conta própria, o Yoga pode modificar e trazer qualidade de vida para todos. Basta encontrar um professor qualificado para lidar com suas necessidades e vontade para superar os obstáculos que o corpo e a mente lhe darão para enfrentar.

Para conhecer melhor o trabalho de Dalia Zwich acesse (em inglês), acesse o site do Yoga In Rehabilitation clicando aqui.

Bruno Fernandes Bernardes