jardim-madri

Um dos lugares mais lindos e acolhedores de Madri é o seu Real Jardim Botânico, ou como chamam os espanhois, Real Jardin Botanico. O lugar é simplemente um oásis em meio a fervilhante capital espanhola, que tem um povo super alegre e expansivo e temperaturas que chegam facilmente aos 40 graus no verão.

Minha sugestão é que você organize sua viagem a Madri até o inicio de junho, quando as temperaturas já estão em 30 graus. Em julho e agosto o calor pode ser bastante desconfortável, até porque o clima na região é bem seco.

Você pode aproveitar esta visita ao Real Jardim Botânico como um bálsamo de bem estar revigotante no seu dia! Além do paisagismo estonteante e da coleção impecável de plantas de todas as partes do mundo, no jardim você encontrará alguns pequenos lagos e fontes que são super refrescantes para o ar do local. A grande variedade de árvores de grande porte proporciona sombra e um espetáculo aos olhos.

jardim-botanico-real-madrijardim-botanicoalamedas-jardim-botanicojardin-madridlojinha-jardim-botanico-madriplantas-jardim-botanico

Plaza Murilo que liga o Real Jardim Botânico ao palácio do Museu do Prado

Plaza Murilo que liga o Real Jardim Botânico ao palácio do Museu do Prado

mapa-real-jardim-botanico-e-museu-do-prado

O Real Jardim Botânico de Madri foi inaugurado em 1781 nesta localização por Fernando VI e é uma instituição adjacente ao Museu do Prado, maior pinacoteca de arte espanhola e parada obrigatória em Madri. Tanto o museu como o jardim botânico se localizam na linda Paseo del Prado, principal avenida da cidade e onde se concentram os principais museus e… muitos turistas! Eu escolhi passar no Jardim Botânico Real algumas horinhas depois do almoço, para recarregar as baterias e estar descansada para a visita, maravilhosa mas super exaustiva, ao Museo do Prado. (Valor da entrada do Real Jardim Botanico de Madrid é 3,00 euros)

No Museu do Prado estão as obras de Velázquez, Goya , Bosch e El Greco, pintores de renome mundial e grandes expressões do renascimento, e por eles sugiro que comecem a visita, pois o Museu do Prado é enorme e, mesmo com o mapa, é fácil não saber por onde começar.

Aberto ao público por Fernando VII em 1819 para exibir a coleção da família real espanhola, o Museu do Prado talvez demande mais de uma visita para ser visto completamente (como o Louvre, em Paris).

Veja aqui o roteiro de bem estar em Paris e conheça o Louvre com algumas surpresas

No lobby de entrada, cuja arquitetura contemporênea contrasta harmônicamente com o restante do edifício clássico, você tambêm encontrará a loja, restaurante, café e a central de informação. Tudo bem esquematizado para que você desfrute a visita com o máximo de infra-estrutura.

museu-do-pradoestatua-museu-do-prado

Lobby do Museu do Prado

Lobby do Museu do Prado

Estátua do pintor Goya

Estátua do pintor Goya

Horário de abertura Museu do Prado: Segunda a Sábado das 10:00 as 20:00hs. Domingos e feriados das 10:00 as 19:00hs Entrada 14,00 euros ou gratuita diariamente após as 18:00hs e aos Domingos após as 17:00hs. Aceita Bono Arte e Madrid Card, que são os cartões onde você já paga antecipadamente alguns museus que escolher visitar. (Particularmente, nunca usei, não gosto muito) End: Paseo del Prado, s/n, Madri,Espanha http://www.museodelprado.es

Site para compra de entradas, caso queira se poupar das filas (que são grande mas andam rápido): https://www.entradasprado.com