momo 6

Namastê amigos,

Estou cada vez mais apaixonada pela culinária oriental. Dessa vez eu resolvi me arriscar nos Momos, os famosos bolinhos do Tibet. Foi através das minhas assistentes “quase” indianas que tive contato pela primeira vez com essa maravilha que derrete na boca.

Essa é uma receita de nível médio, na verdade ela é fácil, mas exige um trabalhinho a mais na hora de abrir a massa.

A massa é a mesma do chapati (pão indiano):

500g de farinha de trigo
Agua para dar liga
Sal a gosto
1 colher de café de bicarbonato de sódio.

Misture bem a massa até desgrudar os dedos, como se fosse uma massa de pão. Reserve (a massa deve crescer um pouquinho).

momo 2momo 1

Enquanto isso, faça o recheio:

Refogue duas cebolas médias cortadas em tirinhas bem finas em um fio de óleo de soja com algumas gotas de óleo de gergelim torrado. Adicione 2 cenouras pré cozidas cortadas em tiras finas, 1/2 maço de espinafre, cozido e drenado (na receita original vai coentro e aipo que eu preferi não colocar) e a estrela do show: um gengibre pequeno cortado em fatias bem fininhas! Se preferir, pode juntar a essa mistura macarrão bifum hidratado. Adicione também 2 colheres de sopa de molho shoyu, espere a mistura secar suavemente e desligue o fogo.

Hora de abrir a massa:

Faça pequenas bolinhas com a massa (do tamanho de uma bola de gude) e com cada uma delas, abra com um pau de macarrão até formarem discos de 10 a 15cm de diâmetro. Dica: polvilhe com farinha para facilitar.
Com cada um desses discos faça uma trouxinha com o recheio (não encha muito pois pode estourar no cozimento), torça as pontas em forma de gota e remova o excesso de massa. Cozinhe os bolinhos no vapor por aproximadamente 15 minutos – como opção pra ficar mais gostoso: após o cozimento no vapor, grelhe os bolinhos em frigideira anti-aderente com um pouco de ghee – e faça o mesmo com o restante da massa!

momo 4momo 3momo 5

Essa receita mistura o crocante com o macio, o doce da cebola e cenoura com o salgado do shoyu, o amargo da espinafre e o picante do gengibre!