inhame

O inhame é um dos alimentos medicinais mais eficazes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século passado já se usava elixir de inhame para tratar a sífilis. Acredita-se que foi uma das primeiras plantas cultivadas no planeta. Na China seu nome é shan yao, que significa remédio da montanha.

O defensor do organismo

Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos gânglios. Ele é riquíssimo em zinco, que aumenta nossa defesas. Os havaianos atribuem sua boa saúde e ausência de cáries ao inhame fermentado. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos.

Emplastros curativos

O emplastros de inhame são conhecido por seus poderes de “puxar tudo”, ou seja, provocam expurgo de furúnculos, quistos sebáceos, unhas encravadas, verrugas, espinhas insistentes, farpas ou cacos de vidros que entram nas mãos e nos pés. É poderoso também para desinflamar feridas e cicatrizes, e eliminar sangue pisado de contusões, abcessos e tumores. Pela tradição da medicina chinesa, pode ser usado imediatamente após fraturas ou queimaduras para evitar inchaço e dor, e também em processos inflamatórios de hemorróidas, artrites e reumatismo. A ação antinflamatória é tão forte que combate até celulite.
Fonte: Boca Feliz, Sonia Hirsch

Eu usei o emplastro recentemente para aliviar a dor e inflamação de uma picada de abelha no pé. Para preparar este emplastro, descasque e rale o inhame no ralador fino e adicione algum tipo de farinha para dar liga, de maneira que a pasta ainda fique bem molhada. Ela é potencializada com a adição de 10% de gengibre, também ralado. Aplicar diretamente sobre a pele, cobrindo com gaze.

Se sentir forte reação de coceira, vermelhidão, ardência ou inchaço, retire imediatamente o emplasto e lave a pele com água fria. Os casos de reação são raros mas existem. Fique atento!

Na alimentação

Você pode ingerir o inhame em sopas, purê, pastas e até massas feitas à base de inhame, como inhoque e pizza. Na foto, uma receita super bacana de suco que leva um inhame pequeno, um maracujá e um pedacinho de gengibre, batidos com água. Fica delicioso!!

suco inhame

Vamos provar?