receita-de-bardana

Hoje vamos preparar uma receita da bardana, a planta que todo o mundo “natureba” já ouviu falar mas não sabe bem o que é ou como utilizar.

A bardana é uma planta medicinal, também conhecida como Bardana-maior, Erva-dos-pegamassos, Pega-moço ou Orelha de gigante, muito utilizada no tratamento de acne. O seu nome científico é Arctium lappa e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres.

Em geral, as partes usadas da bardana são suas folhas e sementes para fazer chá ou as raízes para fazer óleo. Hoje a raiz é que será preparada na nossa receita, pois tem forte ação depurativa do organismo e foi super recomendada pelo médico na minha semana de dieta desintoxicante.

raiz-bardana

No final do post vocês podem conferir mais informações sobre a poderosa bardana. Vamos `a receita:

Ingredientes

1 col de sopa de óleo de girassol
1 col de café de óleo de gergelim torrado
1 raiz de bardana (aprox. 30cm) descascada e ralada
1 cenoura média descascada e ralada
2 colheres de sopa de molho de soja (shoyu)
1 col de chá de mel
Cebolinha picada a gosto
Gergelim torrado a gosto

Preparo

Aqueça os dois óleos em uma panela tipo wok. Adicione a bardana e mexa para que ela cozinhe por inteiro, aguarde aproximadamente 5 minutos e adicione a cenoura. Continue mexendo bem e adicione o shoyu. Espere encoporar e desligue o fogo. Adicione o mel e a cebolinha, mexa e sirva quente com gergelim torrado por cima. Harmoniza perfeitamente com arroz branco.

bardana

Conhecida por seu forte efeito depurativo do sangue, a bardana é também utilizada para tratamentos de acne, espinhas, caspa, abscesso, eczema, coceira, feridas, furúnculo, psoríase, herpes labial, lepra, micose e afecções de pele em geral. Outros distúrbios do sistema digestivo ou excretor se beneficiam da bardana durante tratamento, como gastrite, gases, má digestão, prisão de ventre e pedra nos rins.(Fonte: tuasaúde.com)

Isso porque suas propriedades englobam ações antibactericidas, fungicidas, adstringentes, antiinflamatórias, anti-sépticas, antipiréticas, calmantes, cicatrizantes, depurativas, diuréticas, fungicidas, tônicas, laxante suave e probiótica. Não é uma alimento fraco, não hein?

Experimente a nossa receita e compartilhe com a gente se você tiver outras dicas bacanas sobre a bardana.

(O chá da raiz de bardana não é recomendado para gestantes e crianças)